O GPS e o ACARS

GPS:

GPS significa Global Positioning System, que é um Sistema de navegação via satélite. O GPS é o sistema americano, o GLONASS seu equivalente russo, existindo ainda dois outros sistemas em implementação: o Galileo da União Européia e o Compass chinês.

O sistema americano GPS foi criado em 1974 através de um contrato militar junto a empresa Rockwell International, onde naquele período lançaram 8 satélites Block 1. Em 1978 o contrato foi extendido e outros 3 satélites Block 1 foram lançados.  Um deles, o “Navstar 7”, se perdeu no lançamento, restando então 10 satélites Block 1 em operação. Com o aprendizado da primeira geração de satélites, em 1983, a Rockwell International conseguiu um novo contrato para a construção e lançamento de 28 satélites Block 2. Os primeiros 9 satélites de segunda geração, Block 2, foram lançados entre 1989 e 1990. Empresas como Boeing e  Lockheed Martin também colaboraram com o aperfeiçoamento do sistema e da tecnologia de novos satélites Block 2. Em maio de 2008 a  Lockheed Martin conquistou outro contrato para produzir a 3ª geração de satélites, Block 3. Conforme a geração do satélite ele possui uma determinada vida útil de respectivamente 5 anos, 7,5 anos e 15 anos.

O sistema de GPS é formado por uma “constelação” de 24 satélites, cada um dá duas voltas na terra por dia, de forma que em qualquer posição tenhamos ao menos 4 satélites disponíveis para mensurar a posição geográfica do sinal captado. O sistema foi declarado totalmente operacional apenas em 1995 (após 21 anos do início em 1974) e seu desenvolvimento custou 10 bilhões de dólares. No entanto, até meados de 2000, o departamento de defesa dos EUA impunha a chamada “disponibilidade seletiva”, que consistia em um erro induzido ao sinal impossibilitando que aparelhos operassem com precisão inferior a 90 metros. Hoje usado em automóveis, cargas, navios, locomotivas ou aeronaves. Até a bolsa de valores de Nova Iorque sincroniza seu relógio de operação com o relógio atômico dos satélites de GPS.

Ao final de 2013, no Brasil, começamos a implantar o sistema GPS (radares, controles, aviões, treinamento de pilotos, etc.) para reduzir o tempo e a distância nas rotas aéreas. Com mais precisão eliminamos o ziguezague das aeronaves.

ACARS

Criado em 1978 o Aircraft Communications Addressing and Reporting System é um Sistema criado para trocar dados (parâmetros do Vôo) enviados automaticamente – a cada 6 segundos, podendo chegar a 15 segundos de delay – para a base da companhia aérea e ou do  fabricante da aeronave, dependendo da assinatura contratada do sistema, através de sistema de rádio ou satélite (VHF / HF / Iridium). Serve para as empresas aéreas monitorarem seus vôos, bem como reduzirem o trabalho dos pilotos reportando-se com sua base através do sistema de rádio.

Esse sistema serve para a companhia aérea monitorar o piloto e avaliar sua performance, se cometeu algum erro, uma manobra indevida, etc. Pois todos os sistemas e dados do avião são transmitidos.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comments are closed.